Traumas Faciais

O trauma da região dentoalveolar, tecidos moles periorais e faciais ocorrem com grande freqüência no nosso meio. São provocados por diversos fatores, dentre os mais comuns destacam-se:

  • Quedas da própria altura;
  • Acidentes automobilísticos, motociclísticos e ciclísticos;
  • Acidentes esportivos;
  • Agressões físicas.

Muitas injúrias são produzidas por estes acidentes, acometendo dentes e os principais componentes do esqueleto da face como:

  • Mandíbula;
  • Maxila;
  • Zigoma;
  • Complexo naso-orbito-etmoidal e demais estruturas faciais.

O tratamento para pacientes envolvidos em trauma visa restabelecer as funções e forma da face, esses na maioria das vezes são cirúrgicos podendo ser realizados em consultório ou clínica quando às injúrias causadas pelo trauma forem pequenas, já as injurias de médios e grandes portes devem ser tratados em ambiente hospitalar com acompanhamento interdisciplinar.

Depois de avaliado a condição de saúde geral iremos tratar as lesões especificas do complexo maxilo facial.

Os procedimentos de reconstrução e reparação das lesões consiste em reposição e ou remoção das estruturas dentárias e adjacentes, redução (reposicionamento) e estabilização das fraturas com mini e micro placas e parafusos de titânio; tratamento das lesões de tecido mole através de limpeza, reposicionamento e sutura (pontos) e em alguns casos enxertos ósseos e de tecido mole são necessários.

A indicação do correto tratamento para cada tipo de injúria será decidida pelo Cirurgião Buco Maxilo Facial.

Vídeos